A Google está mais uma vez fazendo alterações em seu algoritmo de ranqueamento “para uma web melhor”. A partir de 2021, a experiência do usuário com uma página da web terá um papel crucial na determinação da classificação da página.

Em outras palavras, se o Google perceber que a interação de um usuário com uma página da web é ruim, o ranking da página cairá. O anúncio vem de anos de construção para melhorar a experiência geral dos consumidores, com a adição da otimização móvel em abril de 2015, seguida pela rapidez com que as páginas carregam em janeiro de 2018, como fatores para os resultados de ranqueamento.

Citando que “ótimas experiências de página permitem que as pessoas façam mais e se envolvam mais profundamente”, o objetivo do Google é permitir que os pesquisadores acessem facilmente as informações que procuram e incentivar os proprietários de sites a fornecer uma experiência perfeita para seus clientes.

Para melhor ajudar os desenvolvedores a se prepararem para os novos fatores que afetarão a classificação de SEO em 2021, o Google reuniu uma documentação detalhada, descrevendo o que ajudará a melhorar a experiência geral do usuário.

Além disso, o Google lançou o relatório de recursos básicos Core Web Vital Skates, uma ferramenta de autoavaliação, no console de pesquisa do Google para ajudar na transição. O Google diz que a autoavaliação “medirá as dimensões da usabilidade da web, como tempo de carregamento, interatividade e estabilidade do conteúdo durante o carregamento”.

Para ajudar sua empresa a se preparar para a atualização de 2021, reunimos alguns dos principais componentes de experiências de página em que as marcas devem se concentrar.

A seguir, detalharemos nossas recomendações, o que significam e dicas para melhorias.

Confira!

6 maneiras de melhorar a classificação em 2021

1. Esforce-se para fornecer conteúdo relevante

Este ponto refere-se à relevância de um site em relação a um determinado termo de pesquisa ou tópico. Quanto melhor for a qualidade e o contexto do conteúdo, maior será a probabilidade de alcançar uma boa classificação quando o Google avaliar a página.

Renove sua estratégia de conteúdo determinando quais termos seus clientes estão procurando mais realizando uma análise de palavras-chave. Depois de realizar essa análise, certifique-se de que o conteúdo da página se concentre nessas palavras-chave de uma forma sucinta e significativa para fornecer aos usuários as informações de que mais precisam.

2. Certifique-se de que seu site seja compatível com dispositivos móveis

Seu site deve ser projetado para funcionar da mesma maneira em todos os dispositivos, incluindo computadores desktop, laptops, tablets e telefones celulares. Para ser considerado compatível com dispositivos móveis, seu site não deve ter nenhuma preocupação com a usabilidade, independentemente do dispositivo usado para visualizar o site.

Exiba claramente seu CTA acima da dobra da página para garantir que os visitantes realizem ações tanto no computador quanto no celular.

3. Torne seu conteúdo interativo

Seu conteúdo incentiva o engajamento ativo dos participantes, mais do que simplesmente ler um texto ou assistir a um vídeo? O conteúdo interativo incentiva a passar mais tempo na página, prende os leitores e os estimula a consumir mais do seu conteúdo.

Os tipos de conteúdo interativo que você pode querer adicionar ao seu site incluem infográficos, avaliações, enquetes, pesquisas e vídeos interativos.

4. Reduza o tempo de carregamento

Como os consumidores têm uma infinidade de sites para escolher para interagir, se seu site demorar muito para carregar, é provável que você perca não apenas o interesse do consumidor, mas também uma venda potencial. Na verdade, foi comprovado que um atraso de um segundo no tempo de carregamento da página causa uma perda de 7% na conversão e 11% menos visualizações de página.

Aproveite as ferramentas gratuitas disponíveis para testar quanto tempo leva para carregar seu site, como Page Speed, Web Page Test e Pingdom.

5. Forneça uma experiência de navegação segura

Desde 2006, o Google fornece um serviço de navegação segura nos bastidores, com o objetivo de proteger os usuários de conteúdo prejudicial. À medida que as ameaças on-line continuam a crescer e evoluir, é importante garantir que você esteja fornecendo uma experiência de navegação segura para os visitantes do seu site para construir confiança e evitar serem filtrados pela ferramenta avançada do Google.

O HTTPS passou de ser algo bom de se ter, para ser algo necessário para o site, e influencia onde seu site aparece nas SERPs. O HTTPS foi introduzido como uma medida de segurança adicional, para garantir a confidencialidade, integridade e autenticação. Embora sejam necessárias etapas para receber certificados HTTPS, vale a pena que cada site o alcance para melhorar as medidas de segurança e a experiência geral do cliente.

6. Evite os pop-ups

Não é segredo que o uso de anúncios pop-up pode prejudicar a experiência do cliente em uma página da web. Recomendamos evitar qualquer conteúdo estranho que ocupe a maior parte da página, bloqueando a visualização do conteúdo que o leitor pretende consumir. Além disso, o uso de anúncios pop-up intrusivos está associado a um efeito negativo nos fatores de classificação de SEO.

Mantenha o seu site no topo das pesquisas

Seguir essas recomendações não é fácil. Mas a Startwp pode te ajudar com essa árdua tarefa.

Dentro do ecossistema da Startwp, você irá encontrar especialistas em SEO atualizados com as últimas mudanças do Google e capazes de manter o seu site bem posicionado no Google.

A LC4 é a empresa de comunicação que faz parte desse ecossistema e tem a expertise necessária para você e sua empresa no marketing digitar. Entre em contato hoje mesmo e visualize as inúmeras possibilidades e melhorias para o seu site.

Quer saber mais sobre este e outros assuntos? Acesse nosso blog e mantenha-se atualizado!