À medida que as empresas se adaptam à nova realidade do trabalho remoto provocada pela pandemia de COVID-19, também adaptaremos os comportamentos sociais que nos permitem manter contato e estabelecer novos relacionamentos com colegas de trabalho, parceiros, clientes e clientes em potencial.

Um artigo do Wall Street Journal diz: “A incapacidade de estar com amigos e entes queridos que não estão sob o mesmo teto durante um período estressante e assustador levou as pessoas a serem criativas com a tecnologia que é mais frequentemente usada para reuniões de negócios”.

Nesses momentos de descompressão social, o humor muitas vezes substitui a etiqueta da sala de reuniões, à medida que taças de vinho tilintam e “aplausos” virtuais eliminam as ansiedades e incertezas diárias.

As empresas também estão adicionando intervalos virtuais para o café da manhã, sessões de perguntas e respostas na hora do almoço e outros eventos que permitem que os funcionários se socializem e reatem os relacionamentos.

Esta pandemia nos forçou a apreciar o valor do capital social e nossa capacidade de interagir uns com os outros.

O antídoto para esse experimento social forçado é alavancar tecnologias de produtividade colaborativa para aprimorar as conexões interpessoais.

É mais importante do que nunca adotar essas ferramentas para se conectar com colegas, promover a satisfação no trabalho e até mesmo construir novos relacionamentos. Aqui estão algumas ideias sobre como começar.

Como fazer novas conexões: O que você traz?

O primeiro princípio do networking – seja virtualmente ou pessoalmente – é entender que networking não é sinônimo de venda. A segunda é perguntar o que você traz para o relacionamento. Pergunte a si mesmo: por que essa pessoa desejaria se conectar comigo?

Se você entrar em contato apenas quando precisar de ajuda, as pessoas se afastarão. Cultive relacionamentos nos bons momentos para que elas estejam lá quando você precisar delas. Pergunte às pessoas em seu networking o que você pode fazer por elas – talvez você possa ajudá-las a fazer novas conexões com seus colegas.

Antes de fazer uma nova conexão, certifique-se de que seu objetivo é claro – por exemplo, você quer aprender sobre uma empresa, um setor, uma tecnologia, um interesse ou um hobby?

Descubra quem são os líderes (empresas ou indivíduos) nessa área. Em seguida, determine quem você já conhece nessa área e a quem eles podem apresentá-lo. Seus contatos pessoais e o LinkedIn são duas grandes fontes para isso.

Faça conexões antes de seu próximo movimento de carreira

Não cometa o erro de se encontrar no mercado de trabalho e perceber que negligenciou seu networking. Dadas as demandas de nossas vidas profissionais e pessoais, vale a pena dedicar um tempo para cultivar e manter nossas conexões.

Se você está procurando um emprego, não saia e peça um emprego a seus contatos – em vez disso, pergunte a eles com quem você pode se conectar. A maioria das pessoas quer ajudar, mas podem se sentir desconfortáveis ​​se você for muito direto.

Portanto, em vez de “Você está contratando para a oportunidade XYZ?”, tente o seguinte: “Você estaria disposto a compartilhar algumas ideias ou nomes de pessoas que posso entrar em contato para me ajudar a garantir a oportunidade XYZ?”

Como fazer networking em conferências virtuais

As conferências totalmente virtuais são um conceito relativamente novo. A obtenção de listas de participantes pode não ser viável, mas você pode facilmente obter representantes de palestrantes, juntamente com os nomes de suas empresas.

Considere enviar um e-mail para essas pessoas após o evento, para fazer perguntas ou oferecer feedback. Pergunte se eles estariam dispostos a falar com você. Arrisque-se – o pior que pode acontecer é que eles dirão não.

Finalmente, considere como você pode agregar valor a uma conferência – se você ou um de seus clientes participar de uma sessão ou painel, isso pode abrir novas oportunidades para expandir seu networking.

Criar e manter relacionamentos virtuais agora é fundamental para manter a saúde mental, bem como o sucesso dos negócios.

Os líderes podem ajudar incentivando os funcionários a participarem de eventos de networking online, webinars e salas de bate-papo em grupos não especificamente relacionados às suas funções.

Quer saber mais sobre este e outros assuntos? Acesse nosso blog e mantenha-se atualizado!