O brainstorming é frequentemente apresentado como uma ótima técnica que os profissionais podem usar para gerar ideias novas. É um termo que muitas vezes é usado de forma intercambiável com outras soluções de problemas e técnicas de geração de ideias.

Ele tornou-se parte de nosso vocabulário diário nos negócios, e por um bom motivo.

Mas o que é brainstorming e por que é uma técnica importante para os negócios?

Confira nosso artigo e obtenha as respostas!

O que é brainstorming?

Brainstorming é uma técnica de criatividade em grupo frequentemente usada para encontrar uma solução para um problema específico. Isso é feito reunindo e registrando novas ideias de membros da equipe de maneira fluida.

As sessões de brainstorming geralmente são compostas por um conjunto de membros da equipe principal e, normalmente, são lideradas por um diretor ou facilitador.

A técnica se originou de um publicitário chamado Alex F. Osborne e remonta o ano de 1939. Frustrado com a incapacidade de seus funcionários de gerar novas ideias criativas, Osborne começou a desenvolver novos métodos de resolução de problemas que se concentravam em uma abordagem de trabalho baseada em equipe.

Ele começou a hospedar sessões de reflexão em grupo e descobriu que essa abordagem levou a um aumento significativo na qualidade e quantidade de novas ideias. Osborne cunhou essas reuniões de grupo “sessões de brainstorm” e escreveu sobre a técnica em publicações posteriores.

Durante essas sessões de brainstorming, as ideias são coletadas e registradas usando qualquer ferramenta disponível para a equipe. As empresas modernas começaram a adotar ferramentas de brainstorming digital para agilizar o processo e tornar as fases de revisão mais rápidas e produtivas.

A quantidade de ideias geralmente é enfatizada em relação à qualidade, com o objetivo de gerar o maior número possível de novas sugestões. Depois de coletar todas as ideias, a equipe avalia cada uma delas e se concentra nas que têm mais probabilidade de resolver o problema.

Os quatro princípios do brainstorming

Embora o brainstorming tenha evoluído ao longo dos anos, os quatro princípios básicos de Osborne são um ótimo conjunto de diretrizes ao realizar suas próprias sessões. Esses princípios incluem:

  • Quantidade em detrimento da qualidade. A ideia é que a quantidade acabará gerando qualidade à medida que as ideias são refinadas, fundidas e desenvolvidas.
  • Rejeição das críticas. Os membros da equipe devem ser livres para apresentar toda e qualquer ideia que vier à cabeça. Deixe o feedback para depois da fase de coleta de ideias para que o “bloqueio” não ocorra.
  • Dê espaço às ideias malucas. Incentivar os membros de sua equipe a pensar fora da caixa e a apresentar ideias incríveis abre a porta para técnicas novas e inovadoras que podem ser a chave para o sucesso.
  • Combine, refine e melhore ideias. Baseie-se em ideias e faça conexões entre as diferentes sugestões para promover o processo de resolução de problemas.

Técnicas e processos de brainstorming ajudam sua equipe a inovar e trabalhar de forma colaborativa. Não existe uma maneira única e certa de realizar uma sessão de brainstorming.

Na verdade, realizar sessões diferentes pode ser útil para gerar novas ideias. Seu objetivo deve ser sempre usar o processo que funciona melhor para você e sua equipe.

Quais são os benefícios do brainstorming?

Se você já realizou uma sessão de brainstorming, provavelmente sabe que elas podem ser muito eficazes para gerar novas ideias e encontrar soluções para um problema. Em grande parte, isso se deve aos muitos benefícios da técnica que ajudam as equipes a trabalhar de forma mais colaborativa em direção a um objetivo comum.

Alguns dos benefícios do brainstorming para empresas e produtividade individual incluem:

  • Permitir que as pessoas pensem com mais liberdade, sem medo de julgamentos.
  • Incentivar a colaboração aberta e contínua para resolver problemas e gerar ideias inovadoras.
  • Ajudar as equipes a gerar um grande número de ideias rapidamente, que podem ser refinadas e mescladas para criar a solução ideal.
  • Permitir que as equipes cheguem a conclusões por consenso, levando a um caminho mais completo e informado.
  • Ajudar os membros da equipe a se sentirem mais à vontade para trocar ideias uns com os outros, mesmo fora de uma sessão estruturada.
  • Apresentar diferentes perspectivas e abrir a porta para inovações prontas para usar.
  • Ajudar os membros da equipe a tirar ideias de suas cabeças e colocá-las no papel, onde podem ser expandidas, refinadas e colocadas em ação.
  • Auxiliar na construção de equipes. Ninguém tem propriedade sobre os resultados, permitindo um esforço absoluto da equipe.

Em resumo, as principais vantagens do brainstorming é sua capacidade de desbloquear a criatividade por meio da colaboração. É a técnica perfeita para se unir como uma equipe e pode ajudar a gerar novas ideias interessantes que podem levar seu negócio a um novo patamar.

Agora que estabelecemos o que é brainstorming e o porquê é importante, vamos dar uma olhada em alguns exemplos de cenários em que seria útil.

Exemplos de aplicação do brainstorming

Como você provavelmente pode imaginar, o brainstorming é uma técnica que pode ser usada em uma ampla variedade de situações. Pode ser tanto em sua vida pessoal quanto profissional para ajudá-lo a encontrar novas ideias e soluções para diferentes problemas nos quais você está trabalhando.

Por causa dessa versatilidade, o brainstorming é uma técnica amplamente utilizada por empresas e equipes de todos os portes.

Para fazer você pensar sobre onde usá-lo, aqui estão alguns exemplos em que essa técnica pode ser útil.

Exemplo 1

Sua equipe de marketing precisa gerar novas ideias de mensagens para o próximo lançamento de um produto. Você tem um conjunto de novos recursos que sabe que serão empolgantes para seus usuários, mas está se esforçando para encontrar as palavras certas para transmitir sua importância e benefícios.

Realizar uma sessão de brainstorming para gerar novas ideias de mensagens seria uma maneira perfeita de começar este processo de escrita. Como uma equipe, você pode lançar o máximo de ideias e slogans que puder e, em seguida, refiná-los para obter uma imagem clara da direção a seguir.

Exemplo 2

Você foi encarregado por sua equipe executiva de apresentar uma estratégia de crescimento para o próximo ano fiscal, que se concentra em expandir sua presença em seus mercados de maior sucesso. Você sabe que há espaço para crescimento, mas não tem certeza em quais áreas se concentrar.

Reunir os principais interessados ​​em seu departamento e em toda a organização para uma sessão de brainstorming o ajudará a reunir rapidamente uma lista de oportunidades de crescimento.

Cada membro da equipe terá suas próprias ideias de crescimento dentro de sua função, que podem ser adicionadas a uma lista mais longa de possibilidades estratégicas.

Exemplo 3

Sua equipe de desenvolvimento de produto tem enfrentado repetidamente um problema com uma nova versão de seu software. Devido à complexidade do projeto, é difícil dizer qual pode ser a causa raiz do problema.

Convocar sua equipe para uma sessão de brainstorming ajudará você a reunir opiniões sobre qual pode ser o problema. À medida que mais teorias surgem, é provável que um consenso comece a se formar sobre onde está a questão central. A partir daí, você pode pensar em maneiras de resolver o problema.

Estes são apenas três exemplos de alto nível de brainstorming. Essa técnica é incrivelmente versátil e pode ser aplicada a praticamente qualquer problema ou objetivo que sua empresa precise resolver.

As vantagens do brainstorming são muitas e é altamente recomendável que você comece a incorporá-lo mais em todas as suas operações de negócios.

Quer saber mais sobre este e outros assuntos? Acesse nosso blog e mantenha-se atualizado!